Alunos da UEL também suspenderam a greve

22:31 Bruno Cardial 0 Comments


Os alunos da Universidade Estadual de  Londrina estiveram reunidos há pouco no Centro de Ciências Humanas. A assembleia, que contou com um número expressivo de alunos, caracterizou-se em princípio por várias falas que simbolizaram o sentimento de decepção.

Quando declarados em greve, os alunos não pensavam em somente apoiar os servidores e professores no movimento, mas também pautas próprias foram colocadas em reuniões até agora e levantadas em todo este tempo. As negociações dos servidores e professores de certa forma foram priorizadas ofuscando as pautas dos alunos, que em grande parte é dirigida à reitoria.

Muitas falas mostraram que os problemas da Universidade referentes diretamente aos alunos, ou estão iguais, ou estão piores desde o início da greve. O caso de atraso da reforma do Restaurante Universitário foi o mais citado, além da discussão sobre acesso e permanência, bolsas de baixos valores, moradia estudantil, entre outros.

Nas odens de votações, primeiro foram pautas que serão levadas amanhã para a reunião com o Conselho Universitário. Depois, foi feita uma votação para protelar a decisão sobre a greve até uma proxima assembleia, após uma reunião com a reitora para apresentação as pautas específicas dos alunos. Proposta esta vencida por 50 votos.

Por fim, seguindo a ordem, após mais de três horas de falas e reflexões, a decisão foi de suspender a greve dos alunos e continuar uma movimentação estudantil ativa em estado de greve, com as reivindicações sendo levadas após os alunos já estiverem participando do calendario universitário normal, fato que facilita a reunião e participação de todos. 
O resultado da votação foi 255 favoráveis, 203 contra e 8 abstenções.
 

AO LER NOSSOS POSTS ATENTE-SE AS DATAS, ALGUMAS POSTAGENS SÃO REFERENTES APENAS QUANDO PUBLICADAS