"Para a parada!"

12:46 Bruno Cardial 0 Comments

Anunciada para o próximo dia 04 pela ONG (Asdaci) Associação de Defesa, Apoio e Cidadania LGBT de Londrina, a Parada Gay não será mais realizada em Londrina. A desistência foi publicada pela ONG em nota, por não conseguir providenciar o aparato necessário para o evento.

O Município publicou em nota ainda na terça-feira (23) que cobrou dos organizadores da Parada Gay o cumprimento de todas as obrigações legais para a realização com segurança de eventos na cidade: autorizações da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), da Secretaria Municipal do Ambiente (Sema), da Secretaria de Fazenda e da Polícia Militar (PM) e agentes de Trânsito,banheiro químico para cada 100 pessoas, segurança privada, ambulância médica e recolhimento do ECAD, já que a parada previa um trio elétrico e pagamento da taxa administrativa do autódromo Ayrton Senna.

Já a ONG classificou estes quesitos como "barreiras para que o manifesto não acontecesse". Terminando a nota da Asdaci, a desistência vem justificada com uma célebre frase: MANDA QUEM PODE, OBEDECE QUEM TEM JUÍZO.

Só não deu para entender, o motivo do cancelamento. Não poderia ser simplesmente adiado o evento para providenciar o que a prefeitura pediu?

Sobre isso vamos conversar ainda com a Asdaci! E depois agente explica.

AO LER NOSSOS POSTS ATENTE-SE AS DATAS, ALGUMAS POSTAGENS SÃO REFERENTES APENAS QUANDO PUBLICADAS