Atraso político.

12:39 Bruno Cardial 0 Comments

Até Outubro, precisa ser discutido o projeto da mudança no artigo 13 na lei orgânica do município, onde o número de vereadores em Londrina de 19 passa para, no máximo, 25. A Câmara Municipal se pronunciou pretendendo discutir já na próxima semana.

A casa propõe que, se almentar, que seja para 21 cadeiras, como já foi na cidade até 2004, quando uma resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) reduziu o para 18 e posteriormente, por causa do aumento populacional passou-se para 19.

Mas tenho reparado em várias enquetes em rádios e jornais, que o senso comum prevalece. Muitos dizem: "Ah! Já tem tanta gente sem fazer nada lá, ganhando pra não fazer nada!" 

Oficialmente organizações como as igrejas católicas e evangélicas de Londrina se posicionaram contra este aumento, mas muitos vereadores nem sabem ainda se são contra  ou favoráveis.

Concluo com isto que Londrina continua perdendo, e o amadurecimento político só atrasa. 

Como estão os personagens da história?


Alguns vereadores preferem prorrogar e analisar melhor. Será que é para ver se o quociente eleitoral altera para 2012? Ou se claro, passando o prazo de filiação para pré-candidatos, vendo-se o jogo do "quem vai estar aonde", uma análise já diz se compensará ou não mexer nas cadeiras e sair candidato novamente.


Instituições, independente se religiosas, civis, ou políticas, influenciam em decisões mesmo sem discutir, e levam todos os seus pertencentes à um falso discernimento coletivo.


Piorando vem a massa desta mesma população que diz não ver os vereadores trabalhando, sem nem saber ao certo qual é a função deles, e pior que isso, foi esta mesma população que os colocou lá! O fato piora quando ouve-se um jovem, ou um idoso, (faixas mais displicentes nesta opinião) que mal sabem da existência de um projeto para o aumento de vereadores.

AO LER NOSSOS POSTS ATENTE-SE AS DATAS, ALGUMAS POSTAGENS SÃO REFERENTES APENAS QUANDO PUBLICADAS