Mais 50 mil estudantes ocupam escolas no PR. Colégio Albino Feijó é o primeiro em Londrina.

23:00 Bruno Cardial 0 Comments




Um grande movimento contra a reforma do ensino médio, imposta por decreto pelo presidente Michel Temer (PMDB), e contra os ataques à educação do Paraná, propostos pelo governador Beto Richa (PSDB), está ocupando escolas em todo o Estado.

Professores e servidores da educação básica e superior estão aprovando em assembléias greve geral a partir do próximo dia 17 de outubro por tempo indeterminado. 


O movimento repudia a PEC 241, que quer congelar e suprimir os gastos com serviço público principalmente em saúde e educação por 20 anos e a PEC 257, que impõe aos estados uma série de restrições com relação aos investimentos nas áreas sociais e no serviço público.


O principal motivo no Paraná é a tentativa de revogação da lei 18.493/2015, que prevê o pagamento aos servidores do estado do reajuste salarial da categoria, já em atraso.


O colégio Albino Feijó, zona Sul de Londrina, foi o primeiro da cidade a ser ocupado. O movimento dos alunos se deu de forma organizada e pacífica, liderado pelo Grêmio Estudantil e pela UPES.

Vários meios e alunos de comunicação estão fazendo a cobertura das ocupações.
Antes de tirar conclusões sobre os alunos que ocupam as escolas, confira algumas destas publicações:

Página Oficial Ocupa Londrina

Página Oficial Ocupa Paraná

Baixo Clero por Fábio Silveira

Rervista Um por Lucas Ribeiro

Intermedia por Guilherme Bernardi


AO LER NOSSOS POSTS ATENTE-SE AS DATAS, ALGUMAS POSTAGENS SÃO REFERENTES APENAS QUANDO PUBLICADAS