Copel não aceita proposta Federal para redução do valor de energia

18:50 Bruno Cardial 0 Comments


Se a maioria dos brasileiros terão redução de 20% no valor da conta de luz a partir do ano que vem, nós paranaenses não vamos disfrutar desse benefício.

Isto, porque a redução do valor na energia elétrica dependia de dois fatores: O primeiro, foi a retirada dos encargos federais da conta de luz, que o governo federal já garantiu.

O segundo, não depende diretamente do governo federal mas sim de um acordo da renovação de contrato com todas operadoras de energia, a proposta: Baixar seus custos em troca de renovar as concessões que terminariam nos próximos anos. Ou seja, as empresas faturam menos, porém ganham o direito de explorar a companhia por mais tempo. E isto, não aconteceu. 

As Companhias Energéticas de São Paulo, CESP, de Minas Gerais, CEMIG, e do Paraná, COPEL, já recusaram as renovações. A recusa foi um acordo interno da cúpula nacional do PSDB. Em discurso na tribuna, o senador de Minas Gerais, Aécio Neves do PSDB, ainda criticou a antecipação das renovações. Ele acusa o governo de usar empresas para fazer uma profunda intervenção no setor elétrico e diz que há maneiras mais simples de baixar a conta de energia, como retirar a cobrança de PIS/COFINS sobre a conta de luz. 

Portanto nos estados governados plo PSDB, como o Paraná, não haverá a redução de 20%. Mais um empasse político prejudicando a população!

AO LER NOSSOS POSTS ATENTE-SE AS DATAS, ALGUMAS POSTAGENS SÃO REFERENTES APENAS QUANDO PUBLICADAS