_"Digam ao povo brasileiro que a República está feita"

19:06 Bruno Cardial 0 Comments


Oportunidades e golpes na política sempre existiram, desde a monarquia, uma prova disso é a proclamação da nossa república, que hoje faz 123 anos.

No final da década de 1880, podemos dizer que um dos políticos brasileiros mais influentes era Marechal Deodoro da Fonseca. Se não era influente, era pelo menos temido. 

Esse alagoano já havia lutado nas guerras do Prata e do Paraguai, em 1884 conquistou o posto de marechal do exército brasileiro, foi comandante de armas e presidente interino da Província do Rio Grande do Sul, foi para o Rio de Janeiro sede da monarquia, em 86 e assumiu a facção do Exército favorável à libertação dos escravos, foi também comandante militar do Mato-Grosso entre muitos outras ações...

Nesta época, a monarquia já não correspondia mais às mudanças sociais e a classe média, formada por profissionais liberais, funcionários públicos, artistas, comerciantes e estudantes, estava crescendo e despertando para participação política. Os ruralistas também queriam atuar na política, principalmente os cafeicultores Paulistas que tinham grande poder econômico.

A Igreja Católica já se mostrava descontente com as interferências de D.Pedro II na religião, e o Exército Brasileiro vinha se revoltando com a corrupção existente na corte além de terem sido proibidos de se manifestar na imprensa sem autorização do Ministro da Guerra.

Tudo isso junto foi um prato cheio para que o Marechal aproveitasse a crise da monarquia brasileira e começasse a liderar o movimento republicano. Diante de toda essa articulação social, D.Pedro II, doente, estava cada vez mais afastado das decisões políticas do país e o império ficava cada vez mais frágil e o movimento republicano ganhava força no Brasil.

Até que no dia 15 de Novembro de 1889, o Marechal Deodoro da Fonseca com o apoio dos republicanos, conseguiu demitir o Conselho de Ministros junto com seu presidente. Assinando no mesmo dia o manifesto que proclamou o início da República no Brasil e instalou um governo provisório e obviamente com o próprio Marechal Deodoro da Fonseca assumindo provisoriamente o posto de presidente do Brasil.

Depois de 67 anos, encerrava-se aí a monarquia e não deu 3 dias para que D.Pedro II e a família imperial partissem rumo à Europa. Até hoje, o pais é governado por um presidente escolhido pelo povo através do voto nas eleições.

AO LER NOSSOS POSTS ATENTE-SE AS DATAS, ALGUMAS POSTAGENS SÃO REFERENTES APENAS QUANDO PUBLICADAS