Alunos da UEL decidem permanecer em greve

23:09 Bruno Cardial 0 Comments


Os estudantes da Universidade Estadual de Londrina decidiram há pouco (por volta das 23h), por continuar o movimento de greve estudantil na universidade. A greve teve início em 14 de Outubro.

A não retomada das aulas foi saldo de uma exaustiva assembleia, de quase três horas, realizada agora a noite pelo Diretório Central dos Estudantes no Centro de Educação Física e Esporte da UEL.

O ginásio de esportes João Santana foi lotado com mais de 2 mil estudantes o que, inclusive, dificultou a votação final que decidia a manutenção, ou não, da greve estudantil 
universitária.
 
O canal Todos por Um Londrina fez a transmissão em vídeo, que contou com o pico de quase 2 mil internautas assistindo ao vivo. 

O vídeo agora, após o evento, está carregado no link https://www.facebook.com/tp1londrina/videos/1808352649453161
Antes da votação final, ainda na assembleia, uma estudante de medicina denunciou uma agressão dentro do campus da Universidade. Uma bomba, em principio caseira, explodiu no estacionamento e acertou o veículo de um estudante, quebrando o vidro dianteiro do veículo. 


Segundo a segurança da UEL, o veículo de quem cometeu o ato não foi identificado apesar de ter sido perseguido pela equipe. Pelas informações preliminares, ninguém ficou ferido com o ato.

AO LER NOSSOS POSTS ATENTE-SE AS DATAS, ALGUMAS POSTAGENS SÃO REFERENTES APENAS QUANDO PUBLICADAS