Londrina desenvolve ou não?

22:10 Bruno Cardial 0 Comments


No último mês, a rotina de trabalho me levou a passar todos os dias pela rua Piauí, entre as ruas Rio de Janeiro e Souza Naves; Descrevendo pra quem não vai lembrar logo, em frente ao histórico prédio da Folha de Londrina.

Não sei porque insisto em tomar aquele caminho, que mesmo sendo o mais fácil pra mim (deve ser por isso), me deixa por alguns minutos profundamente irritado! Isto, porque não há uma só vez em que eu não vire a Rio de Janeiro (exatamente contornando o prédio) que não dê "de cara" com um carro parado em fila dupla.

Descendo mais um pouco, logo posso observar todos os dias, dois, três, ou até mais carros estão fazendo daqueles 100 metros intermináveis. Quase não há espaço para 2 veículos, sendo que o estacionamento em diagonal, mais os filas duplas,  não deixam os outros passarrem.

Se buzinar? Sem levar uma olhada feia do errado no caminho com certeza você não fica! E os motoristas dos que saem do Centro Comercial, da Galeria Vila Rica, ou sei lá de onde, acham que o pisca alerta é aval pra estacionar em fila dupla. Sei que isto acontece em toda a cidade (sério, em TODA A CIDADE), mas aquela rua agora está prestes a receber uma mudança, que muitos estão sabendo somente criticar.
Espero que na abertura da Piauí desde a esquina com a avenida São Paulo, até a Rio de Janeiro, o trânsito que fluirá por entre o bosque, colabore para que estes motoristas não folguem naquele pedaço "morto" de rua. 

Motoristas concientes e pessoas contra o comodismo está difícil encontrar na cidade, que tem que crescer, brigando com os que defendem a opinião do: Pra quê mexer no que tá quieto? Não intendo a cabeça destes, parecem que querem Londrina sempre como cidadezinha pequena de interior!

AO LER NOSSOS POSTS ATENTE-SE AS DATAS, ALGUMAS POSTAGENS SÃO REFERENTES APENAS QUANDO PUBLICADAS