1º boa do ano

20:54 Bruno Cardial 0 Comments

Olá pessoal, apresar de já fazer uma semana que o ano iniciou e já estarmos na metade da primeira semana completa de 2010, desejo ainda um excelente ano aos jovens que acompanham este blog.


Procurei durante estes 7 dias de 2010 umas notícias boas ou acontecimentos legais neste início de an mas sinceramente está difícil! Muito difícil.


Começamos 2010 com catástrofes em Ilha Grande, desmoronamentos e mortes logo nos primeiros minutos, a enxurrada no Rio Jacuí, na região de Agudo (RS), derrubou uma ponte deixou prejuízos em 57 cidades, dois mortos, mais de mil pessoas tiveram de deixar suas casas, mais de 118 desabrigados e 1.034 pessoas desalojadas com cerca de 2,1 mil residências destruídas ou danificadas pelas enchentes. Muitos acidentes com mortes envolvendo famílias nas rodovias e hoje ainda o destaque foi um incêndio que matou quatro pessoas da mesma família em Enéas Marques (PR).

Como conseguir uma boa notícia? Está difícil! Somente chama a atenção mesmo a notícia do consolo.

"Moradores de Paraitinga participam de 1ª missa do ano"

esta é do G1.

Cerca de cem moradores de São Luiz do Paraitinga, ainda abalados pelos estragos das últimas cheias do rio Paraitinga, participaram hoje da primeira missa celebrada na cidade após a catástrofe. A celebração ocorreu pela manhã, em frente à Igreja do Rosário - a única que restou em pé. Um dos momentos mais marcantes ocorreu no final da missa, quando o padre Edson Carlos Alves Rodrigues apresentou a imagem de São Luiz de Toloza, resgatada entre os escombros da antiga matriz, que foi destruída pelas águas. A imagem sofreu pequenos danos e estava sem os pés e sem as mãos.

"Foi muito emocionante e deixou ainda mais animados os luizenses", disse o pároco. Ele falou que "Deus tem se manifestado de várias formas ao povo luizense, até mesmo com a queda da igreja." O comerciante Pedro Moradei, dono de um restaurante na região central da cidade, que perdeu tudo com a enchente, disse que as pessoas colocavam a mão na imagem e se benziam "para buscar forças". Ele é músico e tocou durante a missa.

Muita gente não participou porque estava trabalhando na limpeza das casas na hora da missa. "Mas cada família, cada funcionário da prefeitura, cada pessoa que participou desse momento, estava representado ali". Outra celebração foi marcada para o próximo domingo, quando se espera um número maior de participantes. "Muitos amigos virão à essa missa, além daqueles que não puderam vir hoje", afirmou Moradei.


É a fé, tentando recuperar o que a natureza destruiu!

AO LER NOSSOS POSTS ATENTE-SE AS DATAS, ALGUMAS POSTAGENS SÃO REFERENTES APENAS QUANDO PUBLICADAS