Uma conta simples... Ou nem tanto...


Segunda-feira, dia 30, as 9 horas da manhã, começa a sessão de julgamento do prefeito Barbosa Neto (PDT) na Câmara Municipal, segundo a entrega da Comissão Processante (CP) da Centronic.

Esta comissão, composta por três vereadores, terminou seus trabalhos concluindo que é procedente a denúncia de que dois vigias foram pagos com verba pública para trabalharem na rádio particular do prefeito, assim, segundo o que apontou o relatório final da investigação, o prefeito infringiu o artigo 53 da Lei Orgânica do Município cometendo infração político-administrativa, por se ''omitir ou negligenciar na defesa de bens, rendas, direitos ou interesses do município'', e por isso deve ser responsabilizado politicamente.

Se 13 vereadores votarem aprovando este relatório, o mandato do prefeito é cassado e ele perde seus direitos políticos por oito anos, ficando já fora da disputa eleitoral de outubro.

Uma conta simples está sendo feita nos bastidores da Câmara Municipal e dos partidos, o que deixa alguns vereadores tranquilos, outros nem tanto. Uma vez montado o cenário eleitoral em Londrina para a próxima campanha, o prefeito tem como opositores na câmara e nas eleições os vereadores:
   Votos favoráveis: (pedindo cassação)                      X                     Votos contrários: (defendendo o prefeito)
Membros da comissão:                                                                                                                                Partido do prefeito:
Roberto Kanashiro – PSDB,                                                                               Roberto Fú  PDT
Sandra Graça – PP,                                                                  Sebastião dos Metalúrgicos  PDT
Antenor Ribeiro - PSC.                                                                             Partidos da base e coligados:
O opositor nas urnas deste ano:                                                                       Rodrigo Gouvêa – PTC
Marcelo Belinati – PP.                                                          Roberto da Farmácia do Vivi PTC 
Os coligados e o partidário: 
Joel Garcia – PP, 
Rony Alves – PTB, 
Ivo de Bassi – PTB,
Amauri Cardoso – PSDB, 
Gerson Araújo – PSDB. 
Outros partidos opositores nas urnas:  
Jacks Dias – PT,  
Lenir de Assis – PT,
Tito Valle – PMDB
ESPERANÇAS: 
Jairo Tamura – PSB
 Eloir Valença – PHS
Roque Neto – PR
Coligados com PP/PSDB nas urnas este ano:
Tamura (que foi líder do prefeito) aguarda ainda uma reunião com PSB...
Eloir recentemente foi preso na suspeita de envolvimento num suposto esquema que impediria a abertura da CP, recebeu do partido a recomendação de votar contra o prefeito, mas também nunca foi muito afim de obedecer o PHS...
e Roque também não definiu com o partido, mas sendo o presidente do PR atual chefe de gabinete de Barbosa, é dificil pensar que o partido seja contra o prefeito...

Nesta conjuntura, não se tem ainda os 13 votos necessários para cassar Barbosa Neto... E se uma destas "esperanças" pularem para a coluna da esquerda, resta ainda...

Tito Valle, na mais tranquila das posições! 

Assim como Joel Garcia, Valle é um ex-líder do lado que pede a cassação, mas não têm desafetos com o prefeito como Joel, o que pode ser uma esperança... aquela última que morre.
Quem sabe, estando no fim da lista da votação, ele não muda de idéia na hora!

2 comentários:

valmir pedroso disse...

Em tempo: O Sebastião dos Metalúrgicos não deve comparecer a votação pois está de atestado médico.

Anônimo disse...

ahahahahahahhahha se fudeu barbosista de merda, chupa! agora é Marcia 13!

Postagem em destaque

Programa Aqui Tem Jovem | Dia Mundial do Rock