Todos às ruas

18:52 Bruno Cardial 0 Comments


Hoje foi um dia histórico para a comunidade da universidade Estadual de Londrina. Pela primeira vez nesta greve, os professores e estudantes fora juntos às ruas para defender os direitos da UEL e esclarecer a população sobre esta greve.

Em um primeiro momento, centenas de pessoas se reuniram em uma assembléia unificada pela manhã na Concha Acústica, e logo após partiram em passeata pelas ruas do centro, calçadão e Av. Higienópolis. Com gritos de ordem a todo o tempo contra o governador Beto Richa (PSDB), o ponto alto da manifestação foi na rotatória da avenida JK com a Higienópolis, quando a passeata encontrou com os professores do ensino médio, capitaneados pela APP.

As principais reivindicações da manifestação e desta greve são: pagamentos em atraso de professores e servidores, revogação do corte no custeio de verbas da universidade prejudicando as compras na instituição, e a retirada definitiva do "pacotaço do governo Beto Richa" onde há propostas que ainda devem ser encaminhadas à Assembléia Legislativa, propondo por exemplo o corte de direitos do funcionalismo público e a apropriação dos recursos da Paraná Previdência para quitação de dívidas do estado.




AO LER NOSSOS POSTS ATENTE-SE AS DATAS, ALGUMAS POSTAGENS SÃO REFERENTES APENAS QUANDO PUBLICADAS