Nova rádio, novas mídias...

11:05 Bruno Cardial 0 Comments

Desde janeiro de 2009, o site e o impresso O Estado de S. Paulo (da marca Estadão) trabalham integrados. Agora, (como anunciado desde Nov-2010), um novo veículo chega ao grupo para ortimizar e dinamizar ainda mais o trabalho.

O sinal da Rádio Eldorado de São Paulo (no ar desde 1958), foi anunciado na tarde da sexta-feira (25/2) como alterado, e as frequências de 700 AM e 92,9 FM darão espaço à uma nova emissora: a Rádio Estadão/ESPN, que terá um estúdio montado dentro da Redação do jornal e já surge com uma rede de emissoras afiliadas. 

A nova operação da emissora Eldorado passa para 107,3 onde o Grupo Estado em parceria com a Fundação 2000, batizou o veículo de Eldorado Brasil 3000 será transmitida com a grade de programação voltada para música.

Quanto ao Mega Veículo de Informação do Grupo Estado, o diretor de conteúdo Ricardo Gandour afirma que “fará barulho no mercado de São Paulo”, concorrendocom as grandes rádios de notícias como BandNews e CBN. O executivo do Grupo Estado também ressalta que com a nova rádio a marca Estadão vai ganhar mais força: “O projeto coloca em mais uma plataforma o conteúdo produzido pelo O Estado de S. Paulo e pela Agência Estado”

Gandour anunciou novas contratações e disse em entrevista ao Portal Comunique-se que haverá um remanejamento de profissionais dos meios dentro do grupo. “Mais de 20 profissionais estão sendo contratados e também vamos aproveitar as pessoas que trabalham no Grupo Estado”, informa Gandour.

O que faltava a anos atráz para unir os meios de comunicação: TV, rádio e Impresso, hoje não falta mais. A internet, traz aos meios de comunicação exatamente a possibilidade desta interação entremeios que garantirá a sobrevivência destes em futuro não tão distante.

Com a possilibidade de unir várias ferramentas e criar potentes grupos de comuncação, os veículos têm a possibilidade assim de alimentar seus ouvintes/leitores de várias formas e com conteúdos diversos. Agregando demasiado valor à marca.

E não precisamos ir longe, em breve surgirá no mercado regional aqui do Norte do Paraná, um grupo integrando podcast sinal de TV, site, rádio, e tudo o que a internet oferece de integração com redes sociais. Não precisa nem mesmo ser um veículo tão grande para ter esta concentração dos meios e conseguir entrar na onda das Novas Mídias.

AO LER NOSSOS POSTS ATENTE-SE AS DATAS, ALGUMAS POSTAGENS SÃO REFERENTES APENAS QUANDO PUBLICADAS