Mas então, quem paga o grátis?

21:45 Bruno Cardial 0 Comments


Foi atendida em Londrina uma das maiores bandeiras da juventude e a mais histórica luta do movimento estudantil, O PASSE LIVRE ESTUDANTIL INTEGRAL. E sem pedidos!

 Como assim, sem pedidos? 

Ok, não é LITERALMENTE sem pedidos, a ideia e os movimentos existem, mas não deixa de ser surpreendente a proposta do passe livre integral ser feita e aprovada em uma gestão (comparada com outras passadas) sem muitos movimentos nem grandes reivindicações sobre este assunto. (entenda, comparada com outras passadas).

A surpresa ainda aumentou na aprovação prática e rápida pela Câmara, o que deu uma imagem de pura simplicidade ao projeto. Realmente foi simples e rápido como se pudesse ter acontecido em outras gestões anteriormente. Estudo, proposta, aprovação e pronto: Alunos de ensino fundamental, médio, cursos técnicos, cursinhos, alunos de graduação e pós graduação a partir de 1 de Janeiro não pagam o transporte coletivo em Londrina.

A ideia da maioria dos vereadores na Câmara foi de: "Notícia boa é sempre bem vinda". O que realmente deve ser! Quem não recebe uma notícia de gratuidade com felicidade? TODOS, CLARO! Com a população no geral não é diferente, alunos comemoram e todos em Londrina terão pleno acesso à educação, uma vez que, quando se oferta educação é preciso dar acesso. E isso agora Londrina oferece!

Mas a discussão pelo passe livre vai além do simplesmente não pagar a passagem, até porque existe a máxima - usada muito na área de Marketing - que "não existe almoço grátis". E realmente não existe, alguém sempre paga.
 É aí que a maquiagem não pode ocultar a realidade! 

Está claro nesse momento, exposto pelo prefeito inclusive, que a prefeitura pagará, com recursos do seu próprio orçamento, diretamente às empresas de transporte coletivo o valor da tarifa que, lembre-se, não foi reduzida. Ao contrário disso, em 10 de Abril houve um reajuste por medida judicial aumentando ainda mais a tarifa em Londrina.

O aumento resultou no valor que, no fim das contas, fará a prefeitura dispor de 8 milhões com o atual passe livre fundamental e médio (4.950 alunos do ensino fundamental e médio são beneficiados com o passe livre) somado a cerca de 4,8 milhões na integralidade que inicia em Janeiro (3.250 novos beneficiados), em 2016 um total de 8,2 mil estudantes estarão isentos da tarifa.

Só pra constar: Um estudo levantamento (desatualizado) feito pelo portal Terra, mostra num estudo de 2013 a passagem de São Paulo R$3,00 sendo a mais cara do Brasil. 
Hoje a de Londrina está R$3,25.


Na sociedade sempre existem dois pensamentos: O ideológico (próximo do utópico), e o real. A política é a tentativa deste equilíbrio entre eles. Desta forma, reconhecemos que jamais será desmerecida a ação do prefeito Alexandre Kireeff de "juntar no começo (da gestão) pra conseguir pagar esta conta agora". Pois, a grosso modo é assim que está o caixa da prefeitura: Juntou no começo pra arcar no final. Mas pense...

Quase 13 milhões com certeza é um bom dinheiro caindo garantido na conta das empresas de transporte coletivo que daqui pra frente, graças à prefeitura, não se preocuparão com nenhuma "crise" (a moda que se fala por aí no mundo empresarial)É o poder público custeando para o bolso do poderoso empresário para que a população não sofra tanto, já que a planilha permanece intacta e alguém tem que pagar. 

Antes pagávamos em dobro: imposto municipal (alíquota normal)+passagem de ônibus (quando usa), agora, pagamos o imposto que cai no caixa da prefeitura e vai para a empresa custeando a passagem. Portanto, nosso dinheiro que entra no caixa municipal obviamente não vai para outras áreas, e estes milhões poderiam estar pagando outros custeios e serviços públcos para a população londrinense. Não seria então o certo, primeiro o barateamento da tarifa?

 Bom de cá, ruim de lá! E agora? 

Creio que a luta continua! Agora não mais pelo passe livre, mas sim pela revisão dos valores e o barateamento da passagem, para que este valor absurdamente milionário deixe de servir poucos (empresários) e sirva à muitos (população)Já que é para isso que serve o dinheiro público. Não é?


Mas, vamos comemorando enquanto isso e podemos até aplaudir,
porque tá ficando fácil andar de ônibus em Londrina!

AO LER NOSSOS POSTS ATENTE-SE AS DATAS, ALGUMAS POSTAGENS SÃO REFERENTES APENAS QUANDO PUBLICADAS