Uma crônica poética sobre uma realidade oculta

09:29 Bruno Cardial 0 Comments

Com todo respeito ao luto e à dor, uma crítica ao trabalho.

Uma crônica toda poética e melodramática a um pai de família exemplar, coisa de quem defende a família tradicional brasileira.

Uma crônica totalmente excludente ao restante da sociedade é o retrato de quem acha que somente uma camada social tem família.

A mesma sociedade que, como um todo, é responsável por fabricar esta violência dia após dia ao se omitir.

Virão os dizeres que não se deve defende bandido, quando o que não se deve mesmo, é olhar somente um caso, isolado, o conservadorismo social que todos querem jogar pra debaixo do tapete e ninguém nunca quer discutir.

Resta à esta cegueira social somente fazer vítimas e filosofar quando inocentes morrem.

AO LER NOSSOS POSTS ATENTE-SE AS DATAS, ALGUMAS POSTAGENS SÃO REFERENTES APENAS QUANDO PUBLICADAS