Em Londrina, morto que não estava morto, agora morreu mesmo!

10:49 Bruno Cardial 0 Comments


A primeira vez em que Milton Alves de Souza tinha sido dado como morto foi informada pelo Hospital da Zona Norte às 16h20 do dia 22 de setembro, quinta-feira passada, segundo a Acesf. No entanto, por volta das 19h, a preparadora de cadáver notou que o homem estava respirando. 

Vivo, mas inconsciente, o paciente foi levado pelo Samu para a Santa Casa, onde chegou por volta das 21h12 do mesmo dia. 

Ontem, a Santa Casa informou que a morte de Milton foi confirmada às 22h depois de uma parada cardiorrespiratória sem sucesso na tentativa de reanimação.

AO LER NOSSOS POSTS ATENTE-SE AS DATAS, ALGUMAS POSTAGENS SÃO REFERENTES APENAS QUANDO PUBLICADAS